Acompanhe:
Livros

5 formas de publicar um livro!

Dia 23 de abril foi a data escolhida pela UNESCO para celebrar o Dia Mundial do Livro (e dos direitos do autor). E apesar de falarmos bastante sobre livros aqui no blog, e de eu trabalhar diretamente nessa área, nunca falamos sobre o processo de publicação de um livro.

Matt Zhang @ Visualhunt.com

De maneira generalizada, existem duas formas básicas de publicação. O que chamamos de publicação tradicional, que é como são publicados a maior parte dos livros que temos conhecimento, em que ou o autor envia seu livro para ser avaliado, ou a editora o descobre e o que acontece é a compra os direitos de publicação por parte da editora. Esse livro então vai passar na mão de editores (de texto e conteúdo), designers (para diagramação e capa), e muita gente que vai fazer a divulgação e distribuição desse livro.

Entretanto, muitos autores iniciantes enfrentam grande dificuldade em publicar por conta desse modelo. E com isso surgiu o modelo de autopublicação. A autopublicação tem suas vantagens e desvantagens: muitas vezes o preço de imprirmir uma pequena tiragem, ou mesmo apenas um exemplar do livro sai mais caro (impressões em larga escala resultam num preço menor para cada exemplar), o autor acaba tendo que fazer grande parte do trabalho de divulgação e preparação do livro, ou precisa contratar alguém para fazer isso.

Para facilitar um pouco a vida dos autores, existem diversas plataformas onde você mesmo pode publicar um livro. Seja para apenas divulgar seu livro ou comercializá-lo como eBook ou impresso. Reunimos algumas delas abaixo, mas existem muitas outras (tanto nacionais como internacionais!).

Bookess

Pra quem não sabe (o que é provavelmente todo mundo), eu trabalho na Bookess. Além de oferecer um espacinho para a publicação de seus livros, a plataforma permite a venda do livro tanto na versão impressa como na versão digital. O autor também pode contratar diversos serviços para profissionalizar e divulgar seu livro, bem como interagir com outros autores e leitores. Os autores também têm liberdade de escolher exatamente quanto vão ganhar com a venda de cada livro no site, já que o valor que fica com a editora é fixo.

Blurb

Blurb é uma empresa internacional, mas que possui um site em português também! Conta com recursos online para ajudar o autor a preparar sua obra para a publicação, mas também oferece dicas e serviços de especialistas para os que preferem não se arriscar. O site permite não só a venda do livro digital, como também da versão impressa com diversas opções de acabamento e distribuição, dependendo do número de exemplares de sua tiragem. Ah! E também tem parceria com o kickstarter, pra fazer um financiamento coletivo para impressão/lançamento do seu livro!

Wattpad

Apesar de ser uma das redes sociais mais populares, o site não permite a comercialização de eBooks, sendo um lugar para publicar gratuitamente os trabalhos e interagir com os leitores. Mas isso não quer dizer que você não possa usar isso a seu favor. O Wattpad acaba sendo uma grande vitrine de livros e as editoras tradicionais costumam dar uma olhada nesse tipo de plataforma em busca de histórias promissoras. Além de atrair editoras tradicionais, você pode liberar o início de sua história no Wattpad e usá-lo para comercializar seu livro em uma outra plataforma.

Amazon – Kindle Direct Publishing (KDP)

A gigante Amazon também permite a publicação direta em seu site. Basta fazer o cadastro e disponibilizar seu livro. Com pagamento de direitos autorais de 35% a 70%. Os autores podem definir o preço, ter controle total sobre a edição do livro e monitorar as vendas. Os livros são vendidos exclusivamente para aparelhos Kindle.

Kobo – Writing Life

Writing Life é a versão da Livraria Cultura do KDP. Voltado para os formatos suportados pelo Kobo, o site permite a conversão em ePub e permite que o autor defina o preço e monitore suas vendas. Pela parceria do Kobo com a Livraria Cultura, seus livros são vendidos pelo site da Livraria.

Alguém por aqui sonhar em publicar um livro? Se tiver alguma dúvida sobre algumas destas plataformas só deixar nos comentários.


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

7 Comentários

  • Responder Carol Justo

    Adorei esse post, meu sonho é escrever um livro e esse post vai me ajudar quando eu terminar.
    Meu grande problema é a autocritica, odeio tudo o que eu faço, mas com certeza vou tentar disponibilizar alguns capítulos no wattpad, isso vai ajudar porque vou estar recebendo um feedback de fora sobre o que eu estou escrevendo. Gostei das dicas.

    Carol | http://www.pinkisnotrose.com/

    23 de abril de 2017 às 14:19
    • Responder Ana P.

      Boa sorte, Carol!
      Por trabalhar perto com os autores sei como é complicado essa questão da autocritica (eu também sou muito crítica quanto aos meus trabalhos)!
      Mas tente se lembrar que geralmente nos criticamos demais por termos expectativas irreais. Se você está dando o seu melhor, confia! E busca feedback de outras pessoas, é sempre legal ter alguns beta readers pra dizer o que acham da história e de repente como corrigir possíveis falhas.

      Boa sorte e sucesso! <3

      17 de maio de 2017 às 08:28
  • Responder Natalia

    Desses o único que já usei foi o Blurb, ele é ótimo para livro de fotografia e as ferramentas online são bem intuitivas.

    23 de abril de 2017 às 22:42
  • Responder Carolina R

    Muito legal suas dicas, quem sabe um dia não publico um livro.
    bjs

    24 de abril de 2017 às 10:42
  • Responder Camila Faria

    Oi Ana, interessantes essas plataformas de autopublicação. Já tinha ouvido falar, mas não conhecia mais a fundo.

    24 de abril de 2017 às 16:11
  • Responder Aline Amorim

    Não conhecia muito essas opções de publicação de livros.
    Achei muito interessante! Quem sabe um dia consigo publicar alguns dos meus textos..
    Beijos

    24 de abril de 2017 às 16:35
  • Deixe uma Resposta