Acompanhe:
Comportamento, Livros

A Arte da Procrastinação — John Perry

A Arte da Procrastinação Book Cover A Arte da Procrastinação
John Perry
Desenvolvimento pessoal
Paralela
2014
136

Pode soar contrário ao senso comum, mas funciona; você pode realizar muitas coisas deixando-as para depois. Essa é a filosofia apresentada no livro 'A arte da procrastinação'. Se você é do tipo que reluta em entregar as coisas no prazo estabelecido, se distrai facilmente, navega na internet em vez de pagar as contas, ou é do tipo que compra o presente do seu amigo a caminho da festa, este livro vai mudar sua vida. Com uma linguagem simples e direta, John Perry nos mostra, por meio de exemplos práticos, como repensar a importância de nossos afazeres e conseguir realizar todos eles (e muito mais!), mesmo quando adiamos aquelas tarefas mais chatas. Prepare-se para descobrir estratégias efetivas e cientificamente testadas contra a procrastinação, mas lembre-se que, acima de tudo, é necessário aceitar sua tendência a deixar as tarefas para amanhã. Crie coragem, faça o que tem de ser feito, mas não deixe, é claro, de aproveitar o tempo que você perde.

Como realizar tarefas diárias deixando-as para depois

Eu fico com a sensação de que todas as resenhas começam do mesmo jeito: Eu sempre escolho o livro de alguma forma impulsiva, sem fazer a menor ideia se o livro é bom ou ruim. Mas isso acontece sempre, então eu sou obrigada a mencionar…

No caso desse livro eu li um artigo, que citava outro artigo, que citava um terceiro artigo, que mencionava esse livro. Porquê eu pipoquei de página em página até chegar nessa referência eu não faço a menor ideia.

Eu não sei se posso me considerar uma pessoa procrastinadora, acho que sou mais o tipo preguiçosa mesmo. Mas John Perry é um procrastinador de verdade, daqueles que só considera a tarefa como atrasada quando o prazo já terminou há duas semanas e sequer sabe onde está aquele livro que deveria resenhar… Mas ele é um procrastinador estruturado!

O conceito todo da procrastinação estruturada reside no fato de que mesmo o maior procrastinador ainda consegue realizar tarefas, ele só precisa de uma motivação diferente do que o restante das pessoas. Enquanto o mundo pensa “vou fazer esta tarefa porque tenho que cumprir o prazo”, o procrastinador estruturado realiza tarefas como um meio de procrastinar uma tarefa ainda mais importante.

E você pode pensar que então as tarefas realmente importantes nunca serão realizadas, mas eventualmente elas serão. Eventualmente aparecerá uma tarefa ainda mais importante que precisará ser ignorada e sua segunda tarefa mais importante pode acabar sendo finalizada.

O livro é pequenininho, curto e rápido! Mas pelo que vi, está fora de estoque. Não encontrei a versão física disponível em nenhuma loja online e acabei comprando o meu numa livraria daqui.

52 Livros em 52 Semanas


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

2 Comentários

  • Responder Fernanda Machado

    preciso dar um exemplar desse urgentemente pra um amigo meu que é o mestre da proscrastinação hahahaha

    27.06.2015 às 12:51
    • Responder Ana P.

      @Fernanda Machado, hahaha pois é! Quando postei uma foto foi uma chuva de gente querendo um igual. Todo mundo conhece algum mestre da procrastinação!

      14.09.2015 às 21:03

    Deixe uma Resposta