Acompanhe:
Livros

BOOK HAUL: Book Friday e mais

Eu sou definitivamente uma defensora do Kindle. Sempre recomendo ele pra qualquer pessoa, quando me perguntam logo saco o meu da mochila e deixo brincar, ressaltando os milhares de pontos positivos dos e-readers. Mas, ao mesmo tempo, eu não abro mão de livros físicos por nada nesse mundo. Acontece que, desde que comprei o kindle, há uns 3 anos, minha coleção de livros tomou um novo rumo. Em vez de comprar por curiosidade, passei a comprar por coleção. Edições especiais, coleções dos meus autores preferidos e coisas do tipo. Como edições especiais costumam ser mais caras, é nas promoções – principalmente da Amazon – que eu encho as prateleiras.

Aproveitando o clima de Bienal no Rio e que minhas últimas compras ainda estão empilhadas na mesa, esperando serem catalogadas (sim) para irem para as prateleiras, vim fazer meu primeiro Book Haul! Esses livros são de três compras distintas, que eu fiz entre julho e agosto, e têm um repertório bem variado haha

Editora Darkside

Vamos combinar que a edição dos livros da Darkside é uma obra à parte né? Gosto muito da coleção de livros sobre crimes, mas sempre acabo comprando algum outro também. Dessa vez foram três:

  • A Guerra que Salvou a Minha Vida, de Kimberly Brubaker Bradley

“A Guerra que Salvou a Minha Vida é um daqueles romances que você lê com um nó no peito, sorrisos no rosto e – entre um parágrafo e outro – lagrimas nos olhos. Uma obra sobre as muitas batalhas que precisamos vencer para conquistar nosso lugar no mundo. Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros.”

  • O Segredo dos Corpos, de Dr. Vincent Di Maio

“Há mais de 40 anos, ele desvenda segredos daqueles que já se foram, muitos de forma misteriosa e violenta. Não há nada de místico em seu trabalho. Devoto da ciência, o dr. Vincent Di Maio é um dos mais renomados médicos forenses dos EUA, e ele resolveu dividir tudo o que aprendeu com os mortos em seu livro O Segredo dos Corpos.”

  • Arquivos Serial Killers: Made in Brazil e Louco ou Cruel, de Ilana Casoy

” Ilana Casoy é autoridade no que diz respeito a mentes criminosas e resolução de crimes no Brasil. Para escrever Louco ou Cruel?, a escritora mergulhou em arquivos da polícia e da Justiça, do FBI e da Scotland Yard, além de ter feito uma pesquisa rigorosa em diversas outras fontes para compor um inquietante roteiro de como, por que razão e com que métodos os serial killers agem. ”

Poesia

Falei num post anterior sobre como a poesia segue viva, e que eu tinha uma coleção em crescimento de livros de poesia, né? Aproveitei as promoções para nutrir um pouquinho mais esse amor recente. ♥

  

  • Outros Jeitos de Usar a Boca, de Rupi Kaur

Esse eu já tinha até lido no kindle, mas precisava dele na minha estante. O livro e os poemas são bem curtinhos, um daqueles livros que a gente lê em uma sentada.

“Outros jeitos de usar a boca é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade.”

  • Todo Amor, de Vinicius de Moraes

Esse me conquistou pela capa, e a diagramação também é impecável!

“Vinicius de Moraes reinventou o amor. O tema parecia velho quando ele aliou a poesia dos livros à música popular, trazendo o amor para o centro das atenções como uma emoção sempre nova. Com organização do poeta Eucanaã Ferraz, Todo amor reúne mais de cem fragmentos — entre cartas, crônicas, poemas e letras de canção — que formam um painel admirável e apaixonante.”

  • Estranherismo, de Zack Magiezi

Um daqueles livros pelos quais a gente se apaixona numa livraria, resolve deixar pra lá porque é fim de mês, mas que a gente sabe que uma hora ou outra vai se render.

“Publicadas originalmente no Instagram, as poesias datilografadas de Zack conquistaram uma legião de fãs, falando sobre sentimentos, medos e dores, amores e perdas, tudo o que de mais profundo toca as pessoas. A sua poesia delicada e bela brinca com as palavras, cria neologismos e conquista os corações, dialogando diretamente com cada um de seus leitores. ”

  • Notas Sobre Ela, de Zack Magiezi

Já que tinha me apaixonado por Estranheirismo, por que não aproveitar a promoção e comprar outro livro do autor?

“Ao retratar a mulher da infância à maturidade, Zack Magiezi mergulha no universo e na aura femininos revelando suas nuances, facetas e matizes. Dos picos de solidão noite adentro às alegrias ensolaradas à beira-mar; dos cheiros e tatos da inocência às expectativas que ora se cumprem ora se quebram; dos sonhos que reconfortam à realidade que lapida.”

  • Telegramas,de Lucão

Esse também é uma leitura curtinha. Devorei o livro enquanto esperava uma carona deveras atrasada e, os poemas são extremamente curtos mas nem por isso menos bonitos.

“Um telegrama, por menor que seja, é portador das mais importantes notícias — sejam elas alegres ou tristes. Assim como os telegramas são os poemas: mesmo quando pequenos, são capazes de despertar os sentimentos mais profundos em quem os lê.”

Crônicas

  • Um Sorriso ou Dois, de Fred Elboni

“Para Fred Elboni, não existe certo ou errado quando os sentimentos estão em pauta. O que importa é encontrar harmonia e equilíbrio entre quem somos e o que fazemos; entre nossas ações e nossa perspectiva diante da vida.”

  • Depois do Fim, de Daniel Bovolento

Vários anos atrás eu acompanhava as crônicas do Daniel Bovolento lá no Entre todas as coisasAlgo no jeito dele escrever me encantou desde o primeiro parágrafo. Com a morte do Google Reader (saudades), parei de acompanhar o blog, mas reconheci o nome dele enquanto dava uma olhada nos livros sugeridos pela Amazon. Aí não teve jeito.

“Como fica a minha vida depois de você? Como é que a gente faz para esquecer alguém? Os primeiros vestígios do fim, as despedidas, deixar alguém, ser deixado, o recomeço, a necessidade de se acostumar a viver sozinho de novo, os flashbacks, as ligações de madrugada, a falta que persiste, os novos encontros, os velhos encontros, a gente encontrando a gente, um mundo novo surgindo, a luz no fim do túnel. Em Depois do fim, Daniel Bovolento conta a trajetória de todo mundo que terminou alguma coisa e tem que aprender a lidar com as diferentes dores e superações de quem perdeu um amor.”

Quadrinhos

  • Ninguém Vira Adulto de Verdade, de Sarah Andersen

Nem preciso falar que em meio ao pânico de encarar a vida adulta foi impossível resistir a esse título, né?

“Este livro é sobre as estranhezas e peculiaridades de ser um jovem adulto na vida moderna.”

  • Uma Bolota Molenga e Feliz, de Sarah Andersen

Assim como “Ninguém vira adulto de verdade”, não consegui não ter um livro cujo título é “Uma bolota molenga e feliz”. Prioridades, né?

“Esta segunda coletânea continua exatamente onde a primeira parou: debaixo de uma pilha de cobertas, evitando as responsabilidades do mundo real. Este volume traz tiras que acompanham os altos e baixos da montanha-russa implacável que é o começo da vida adulta, além de ensaios ilustrados sobre experiências pessoais da autora ligadas a ansiedade, carreira, relacionamentos e amor por gatinhos. ”

Planner

 

  • Diário em Tópicos. Guia Prático, de Rachel Wilkerson Miller

Já falamos muito aqui no blog sobre planners, né? Eu já falei aqui sobre minha saga até encontrar um planner que me desse o que eu preciso, mas acabou que chegou agosto e eu já comecei a deixar ele de lado. A meta agora é ver se esse “guia” sobre o bullet journal me ajuda a ter coragem de ter um, já que por enquanto a falta de regras do bujo me assusta.

“Aqui você vai encontrar os conceitos fundamentais da organização em tópicos, bem como dezenas de fotos que ilustram o método. No entanto, não existem regras: seu diário pode ser simples e objetivo ou artístico e elaborado, com caligrafia caprichada e colorida, desenhos, adesivos, etc.”

E agora com tanto livro novo, preciso escolher a ordem de lê-los. E aí, quais vocês mais querem ver resenha por aqui?


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

4 Comentários

  • Responder Lívia Madeira

    ah eu to super de olho nesse guia do bujo tbm, to voltando a tentar adotar o método! vc arrematou muitos títulos super bacanas!

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    04.09.2017 às 14:18
  • Responder Thami Sgalbiero

    Eu to looouca pra ir na Bienal, mas infelizmente só vou poder ir 1 dia, já que a entrada está meio carinha. Você acabou de me lembrar que preciso desse livro do Zack Magiezi, admiro o trabalho dele no Instagram e seria bom ter essa obra em mãos. Não sabia da existência esse livro “Diário em Tópicos” achei bastaaante interessante. Vou dar uma olhada no stand da Sextante pra ver se acho.
    Beijos!

    04.09.2017 às 22:58
  • Responder Pathy Guarnieri

    Esses livros parecem bem legais! Os da editora Darkside me deixaram bem curiosas! xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    05.09.2017 às 09:32
  • Responder Marcela

    Eu confesso que tava zero interessada pelo A Guerra Que Salvou Minha Vida até ler a sinopse, depois vou querer saber o que você achou do livro! Dei uma folheada em Outros Jeitos de Usar a Boca e achei incrível, e eu AMO os quadrinhos da Sarah! Comprei muito tempo atrás o Ninguém Vira Adulto de Verdade, e esqueci de colocar o segundo livro dela na lista da book friday D: mas vou comprar assim mesmo, hehe.

    08.09.2017 às 19:28
  • Deixe uma Resposta