Acompanhe:
Livros

Eleanor Oliphant Está Muito Bem — Gail Honeyman

Eleanor Oliphant Está Muito Bem Book Cover Eleanor Oliphant Está Muito Bem
Gail Honeyman
Ficção
Fábrica 231
2017
352

Livro de estreia da escocesa Gail Honeyman, Eleanor Oliphant está muito bem foi revelado através de um concurso literário e, desde então, vem conquistando excelentes críticas e uma bela carreira internacional. Aos 30 anos, Eleanor Oliphant trabalha na área administrativa de uma empresa de design e leva uma vida solitária, mas feliz. Apesar de ser alvo de bullying no ambiente de trabalho por sua aparência e hábitos peculiares, ela não sente falta de nada e parece perfeitamente à vontade com sua falta de habilidades sociais. Mas tudo muda quando ela conhece Raymond, novo funcionário da área de TI da empresa, e os dois, por acaso, salvam a vida de um senhor que desmaia no meio da rua. Com sensibilidade e muito bom humor, a autora conta a história de uma amizade que muda para sempre a vida de três pessoas muito diferentes, que descobrem que a melhor maneira de sobreviver é abrindo o coração.

Alerta pro gatilho de uma história sobre relacionamento abusivo de mãe e filha.

Eleanor Oliphant está muito bem, ela trabalha muito anos na primeira empresa que entrou logo depois da faculdade, tem o mesmo cargo de sempre e a mesma rotina. Trabalha durante a semana, come as mesmas coisas, sua mãe que está na cadeia liga toda quarta-feira e ao fins de semana, ela bebe vodca pra aguentar chegar segunda-feira e fugir do pesadelos.

Eleanor é uma pessoa no mínimo estranha, sem nenhuma aptidão social. Não tem amigos e o único namorado que teve, a espancava e abusava dela, física e psicologicamente, fazendo inclusive ela acreditar que era culpa dela.

Essa é uma das melhores leituras do ano, eu terminei este livro em 2 dias. Eleanor tem uma cicatriz que pega metade de sua face e recebe visita de uma assistente social todo semestre.

Há cicatrizes em meu coração, tão grossas e desfigurantes quanto as de meu rosto. Sei que estão ali. Espero que reste algum tecido ileso, um área através da qual o amor possa entrar e fluir para fora. Espero.

Mas porque ela é tão diferente, sem amigos, ambição… Porque Eleanor não tem uma vida, só uma existência? Porque sua mãe está presa…? Você fica preso neste mistério tentando descobrir mais sobre sua vida e principalmente sobre o incidente que a transformou numa pessoa tão reclusa, que Não Da pra parar de ler.

Tudo muda quando Sammy, um senhor desconhecido desmaia no meio da rua e, Eleanor e Raymond, um rapaz que trabalha na mesma empresa resolvem ajudar e acompanha-lo até o hospital. Na mesma semana, Eleanor se apaixona por um cantor de rock e pela primeira vez percebe que tem algo estranho com ela e resolve mudar — de fora pra dentro primeiro, cortando os cabelos e fazendo a unha pela primeira vez…

Estes dois acontecimentos mudam completamente a vida dela e você entra numa história sensível, bem humorada e ao mesmo tempo séria. O livro trata de assuntos muito importantes, como relacionamentos abusivos, depressão e o valor da sua saúde mental.

— Você era a criança, e ela, a adulta. […] Em vez disso, havia negligencia, violência e abuso emocional, e houve consequências terríveis, terríveis, para todo mundo envolvido. E nada disso é culpa sua, Eleanor, absolutamente nada disso. Não sei se precisa perdoar sua mãe, Eleanor. — disse ela. — Mas tenho certeza de uma coisa: você precisa perdoar a si mesma.

E o final é o melhor da história, não é clichê, não é algo que eu esperava ou imaginava. Única coisa que espero, de coração, é que este livro vire um filme.

Você pode estar muito bem, com comida e bebida, roupas limpas e um teto sobre sua cabeça. Mas e suas necessidades emocionais?


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

8 Comentários

  • Responder Thami Sgalbiero

    Uau! Que livro intrigante. Não conhecia, mas já to curiosa pra saber de tudo sobre a vida da Eleanor. Ainda mais por eu ter essa psicologia de que toda ação tem uma reação, então se a pessoa tá agindo de tal forma, tem alguma coisa por trás. Bom, isso na minha concepção mesmo. Enfim, gostei de conhecer! Vou adicionar na booklist.

    14.12.2017 às 15:00
  • Responder VANESSA BRUNT

    Ste, socorro! Fiquei louca lendo a resenha. Os detalhamentos e entrelinhas que você traz são sempre tão intensos e de extrema importância. Caramba, quantas mensagens incríveis pude sentir e digerir só por ler a postagem. Fiquei louca para conferir a obra todinha! Que indicação bonitona e poética!

    http://www.semquases.com

    16.12.2017 às 09:22
  • Responder Cássia

    Já salvei este livro na minhas lista, amei esse enredo e fiquei super curiosa para conhecer melhor Eleanor!

    http://www.estante450.blogspot.com.br

    17.12.2017 às 16:34
  • Responder Janaína Santos

    Que bacana e interessante esse livro gostei muito.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia
    Instagram
    Facebook

    18.12.2017 às 16:32
  • Deixe uma Resposta