Acompanhe:
Livros

Garota Exemplar — Gillian Flynn

Garota ExemplarTítulo: Garota Exemplar
Autor: Gillian Flynn
Primeira publicação: 2012
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 448
Classificação: 5/5
Skoob | Goodreads

Sinopse: Em Garota exemplar, a narrativa não linear de Gillian Flynn se alterna entre duas perspectivas opostas e conflitantes, construindo uma atmosfera dúbia, capaz de fazer o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Com um humor perspicaz, o thriller expõe as consequências psicológicas da deterioração de um relacionamento íntimo. Se para muitos o problema está em acordar e perceber que não se conhece muito bem a pessoa com quem se divide a cama, Flynn alerta: o inferno pode ser conhecê-la bem demais. Na manhã do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece da nova casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, ele parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.

~

Amy Elliot é Amy Exemplar, personagem principal de uma série de livros infantis populares escritos por seus pais e Nick Dunne é seu marido, um jornalista desempregado.

Para somar à crise econômica do casal, os pais de Nick estão severamente doentes, o que o leva a tomar a decisão de deixar New York com sua esposa e se mudar de volta para o Mississippi.

É no aniversário de cinco anos de casamento dos dois que Amy some misteriosamente. Uma cena de briga montada, manchas de sangue no chão da cozinha e as pistas da caça ao tesouro anual do aniversário de casamento são deixadas para trás, assim como um Nick Dunne confuso que é rapidamente colocado na posição de maior suspeito.

 

A história é contada em pontos de vista alternados entre Amy e Nick. As narrativas de Amy começam com entradas de seu diário e se transformam, numa segunda parte do livro, em relatos paralelos e contemporâneos ao de Nick, expondo a vivência de Amy durante seu desaparecimento.

Essa era minha décima primeira mentira. A Amy de hoje era agressiva o suficiente para você às vezes querer machucá-la.

A quantidade de reviravoltas e surpresas desse livro me impede de aprofundar mais o resumo do livro.

O ponto de vista alternado permite um aprofundamento completo na mente e sentimentos de cada um dos lados do conflito, o que favorece muito o desenvolvimento da história com todas as suas reviravoltas.

Esse é o tipo de livro que te faz amar um personagem e aí odiar, e aí amar novamente, voltar a odiar e, por fim, te deixa com vontade de arremessar o livro na parede.

A escrita de Gillian é rica e estimulante, aquele tipo de leitura que faz você pensar “só mais algumas páginas” e acaba esquecendo da vida.

I need help

Apesar de uma história policial muito bem construída, o final me deixou com aquela velha e terrível sensação de “isso já ficou muito longo, toma aqui esse final e aceita”. Acredito que um melhor desenvolvimento do final tornaria a história ainda mais rica.

Onde encontrar: Amazon | Submarino | Americanas | Saraiva | Livraria Cultura

52 Livros em 52 Semanas


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

22 Comentários

  • Responder Katarina Holanda

    Eu curti muito o filme! Mas acabo desanimando pra ler quando vejo antes. Especialmente numa história de “revelações” como essa.

    20 de outubro de 2016 às 12:09
    • Responder Ana P.

      Eu não vi o filme ainda! Sempre esqueço que existe o filme haha mas também sou assim, fico meio preguiçosa pra ler depois de ver o filme!

      Beijos!

      8 de novembro de 2016 às 21:38
  • Responder marymicucci

    Eu adorei o filme, é bem empolgante. Tenho muito de vontade de ler o livro.
    http://marymicucci.com

    20 de outubro de 2016 às 17:26
  • Responder Luiza

    Consegui evitar de ver o filme e receber spoilers por tempo o suficiente para acabar de ler esse livro. Valeu a pena o esforço. Achei o livro bem mais rico que o filme, talvez por isso tenha acabado não curtindo muito a adaptação.
    A escrita da Gillian Flynn é viciante. Eu me via quase gritando em voz alta com os personagens enquanto eu lia, hahahaha.

    20 de outubro de 2016 às 19:25
    • Responder Ana P.

      Eu também fiquei me esquivando até conseguir ler o livro!
      Pois é, gostei MUITO de como ela apresentou a coisa toda. Adorei mudar de opinião 2938203948 vezes sobre cada personagem!
      Espero que os outros livros da autora sejam tão bons quanto!

      Beijos!

      8 de novembro de 2016 às 21:40
  • Responder Lívia Madeira

    eu vi o filme e achei meio corrido, tenho certeza que o livro é mt mais rico de detalhes e coisas bacanas, preciso ler pq no geral eu curto policiais e suspenses

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    20 de outubro de 2016 às 20:10
    • Responder Ana P.

      Oi Lívia!
      Ainda não vi o filme, mas todo mundo tem falado que ele não faz juz ao livro!

      Boa leitura!

      8 de novembro de 2016 às 21:42
  • Responder Ane Reis

    Oie Stephanie =)

    Não cheguei a ler o livro só assisti ao filme e vou ser bem sincera, detestei rs… Sei que provavelmente cometi um erro, mas como não costumo muito ler livros policias e todo mundo só falava em Garota Exemplar resolvi dar uma chance pelo menos ao filme né. Não deu muito certo XD.

    Tenho vontade de ler alguma coisa da Gillian, pois é uma autora de quem só leio boas criticas.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

    20 de outubro de 2016 às 22:04
    • Responder Ana P.

      Oi Ane!
      Ainda não assisti o filme, mas que pena que você não gostou )):
      Eu também só vejo recomendações boas sobre a Gilian, mas acredito que todos os livros dela tenham uma pegada mais de policial.

      Tomara que goste de algum!

      Beijos!!

      8 de novembro de 2016 às 21:44
  • Responder Ju

    Assisti ao filme há pouco tempo e tua resenha me deixou muito curiosa para ler o livro. Achei que no filme as coisas ficaram meio corridas, quem sabe no livro minhas dúvidas não serão esclarecidas (ou não, pelo desenvolvimento do final que tu falaste, hehe). Adorei teu texto. Bjs.

    21 de outubro de 2016 às 11:14
  • Responder Clayci

    Vc já assistiu o filme Ste?
    Vai por mim a adaptação está melhor.. Está bem real ao livro, mas a construção dos atores é maravilhosa.. Escolheram os atores certos <3

    21 de outubro de 2016 às 11:55
    • Responder Ana P.

      01. Não sou Ste, me respeita

      02. Não assisti o filme ainda, mas bom saber que foi uma boa adaptação HAUHAU preciso muito assistir

      8 de novembro de 2016 às 21:48
  • Responder Leidiana Pereira

    Adorei sua resenha, vou ler o livro antes de ver o filme para não me decepcionar (talvez. kkk).
    Gostei muito da sua opinião e fiquei curiosa para ler.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    21 de outubro de 2016 às 12:32
  • Responder Wanessa

    eu não tive paciência de ler o livro. Mas, já assisti o filme e adorei a história e toda temática!!
    bjoka http://diadebrilho.com

    21 de outubro de 2016 às 12:46
  • Responder Camila Faria

    Tenho que concordar com a Kat. Também vi o filme antes e acabei desanimando de ler o livro, especialmente porque a graça da história está justamente nessas reviravoltas da trama. Mas imagino que seja ótimo!

    21 de outubro de 2016 às 15:21
    • Responder Ana P.

      é! acho que no caso de mistérios, assistir o filme acaba com toda a surpresa do livro haha

      Beijos!

      8 de novembro de 2016 às 21:51
  • Responder nnt

    Definição melhor não existe “Esse é o tipo de livro que te faz amar um personagem e aí odiar, e aí amar novamente, voltar a odiar e, por fim, te deixa com vontade de arremessar o livro na parede.”. Meu psicológico depois de ler esse livro ficou em frangalhos, mas a leitura foi ótima <3

    Um abraço.

    21 de outubro de 2016 às 16:11
    • Responder Ana P.

      HAHAHAH Espero que os outros livros da autora sejam assim também! (Ou não, pelo bem da minha sanidade)

      Beijos!

      8 de novembro de 2016 às 21:56
  • Responder simone

    Adoro um suspense, me parece ótimo, espero ler o livro antes de ver o filme
    Charme-se

    21 de outubro de 2016 às 16:55
  • Responder Luly

    Eu tentei ler Garota Exemplar, mas a leitura não rendeu tanto pra mim, acabei desistindo. Depois pretendo assistir ao filme pra ver se me envolvo com as personagens e porque estou doida pra ver Rosamund Pike nele, acho ela MARAVILHOSA!

    21 de outubro de 2016 às 20:04
  • Responder Duane

    Cara, esse foi o tal do livro que eu amei ler! Foi o livro que me fez gostar cada vez mais de suspenses. Não fiquei tão incomodada assim com o final. Fiquei chocada, mas até que achei interessante, não estava esperando aquilo. E esse gif resumiu bem como a gente fica durante e depois a leitura HAHAHAH.
    Você já viu o filme? É bem legal também.
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    21 de outubro de 2016 às 21:22
    • Responder Ana P.

      Eu tô numa fase muito de mistério/suspense! Fiquei chateada com o final mas não com a forma com que o livro acabou, mas sim com a apresentação do final (?)

      Ainda preciso assistir o filme, mas tô bem empolgada porque todo mundo fala bem <3

      Espero que os outros livros da autora sejam surpreendentes assim também (:

      Beijos!

      8 de novembro de 2016 às 22:00

    Deixe uma Resposta