Acompanhe:
Livros

A garota que não pode morrer — Gabriella Regina

A garota que não pode morrerTítulo: A garota que não pode morrer
Autora: Gabriella Regina
Editora:
Ano: 2016
Páginas: 190
Classificação: 5/5
Skoob | Goodreads

Sinopse: Liv Wyle não pode morrer.
Com uma regeneração fora do comum, todas as suas tentativas de suicídio foram falhas. Pensando que teria que viver escondendo sua aberração de todos, a última coisa que ela esperava era um convite para participar de um circo de horrores, o Midnight Tsirk, um lugar onde ela não precisará se esconder ou ser considerada uma aberração.
Liv se sente tentada em abandonar sua vida de mentiras por uma de liberdade, o que ela sempre quis. Mas tudo tem um custo, inclusive a sua estadia no Midnight. Liv imaginava que estaria livre de uma vez por todas, mas se vê totalmente enganada ao conhecer melhor a história do Midnight Tsirk e dos seus reais objetivos.

~

Acho que não é novidade pra ninguém que a Gabriella é queridinha aqui do blog né? Já resenhei outros livros dela aqui, aqui, e aqui. E a Stephanie falou um pouco sobre outro livro dela nesse vídeo aqui. Sabe o que faz essa mágica toda? O jeito como ela escreve. Se você ainda não leu nada que recomendamos dela, corre ler “A garota que não pode morrer”, que está disponível para leitura na íntegra e gratuitamente no WattPad (uma plataforma para publicação de histórias): AQUI!

Se o tanto de resenhas e recomendações dos livros dela ainda não te convenceram, senta aqui um pouquinho que eu vou te contar uma coisa:

A garota que não pode morrer é Liv. Seus pais morreram quando ela era pequena, então ela vive com sua família adotiva. A morte da irmã adotiva de Liv – de quem ela era muito próxima – abalou sua estrutura familiar. Sua mãe a ressentia e seu pai tentava amenizar a situação. Um dos motivos de sua mãe a ressentir tanto é o dom peculiar de Liv, uma capacidade de regeneração estupenda que a faz praticamente imortal.

Liv descobriu seu dom em uma tentativa fracassada de suicídio após a morte de sua irmã e a partir daí isso virou um hobbie mórbido. Afogamento, quedas, cortes. Nada é capaz de derrubá-la por mais do que poucos minutos de atordoamento.

Ela pensa estar sozinha até ser convidada para conhecer o Midnight Tsirk, um circo de “aberrações”. Fascinada com as habilidades das estrelas do Midnight, Liv se vê tentada a abandonar sua família e seguir seus iguais. Ela não precisa ponderar muito para fazer sua escolha e logo se torna a estrela principal do Midnight, e a ideia de estar entre seus iguais parece um sonho, até descobrir que os integrantes do circo estão sendo caçados como monstros.

Eu gostei muito da ideia central do livro, e também das “habilidades” dos integrantes do midnight. E não é novidade – se você leu as outras resenhas – que eu amo a forma como a Gabs escreve. A história flui com facilidade, dando detalhes suficientes para imaginar a cena por completo e não se alongando ao ponto de deixar a coisa toda chata e enrolada. Diferente dos outros livros dela, este apresenta uma reviravolta bem marcada e bem surpreendente. Quando tudo começou a se desenrolar pelo caminho A, eu até cogitei a possibilidade de acontecer essa reviravolta e desandar para B, mas a autora segura muito bem a história no rumo de A e quando você está quase tendo certeza que é isso mesmo… PÁ, na tua cara, você errou.

E agora, convencido? Então corre lá no WattPad pra ler A Garota que não pode Morrer, e segura que tem spin off sendo escrito: “O homem das memórias mais profundas”.

 

52 Livros em 52 Semanas


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

18 Comentários

  • Responder Mari

    Nossa, fiquei super interessada nessa história, parece ser bem diferente do que já li antes e acho muito legal que o livro está disponível no WattPad. Não conhecia a autora, mas definitivamente vou tentar ler alguma coisa dela.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    18.03.2016 às 10:14
    • Responder Ana P.

      É incível mesmo! Lê e depois conta pra gente (:

      27.03.2016 às 21:09
  • Responder Julie Chagas

    Fiquei curiosa para ler! A história me pareceu bem interessante 🙂

    18.03.2016 às 10:46
  • Responder Lilian Moraes

    Caramba! Parece ser muito bom! Já quero ler ^^. Sua resenha é perfeita, bem detalhada e organizada ^^.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    18.03.2016 às 13:00
  • Responder Ray Menezes

    Cara, fiquei super interessada no livro. Não conhecia autora, mas gostei da sinopse e da resenha. Por sinal, parabéns pela resenha, super detalhada e organizada, adoreisua escrita.

    Beijão!
    http://heeeymaria.blogspot.com.br/

    18.03.2016 às 13:47
  • Responder Luana

    Adorei a resenha me interessei no livro!
    Bjs
    http://coffecomaszamigas.blogspot.com.br/

    18.03.2016 às 18:25
  • Responder Bela

    Talvez seja agoniante não morrer nunca. Você vê pessoas que ama indo embora pelo simples motivo: o tempo.
    A temática é meio x man, né?!

    18.03.2016 às 23:30
    • Responder Ana P.

      Então, não é que ela é imortal. É que ela tem uma ótima regeneração haha. Mas ela envelhece como todo mundo (:

      27.03.2016 às 21:10
  • Responder Natália Biazzi

    Ter vida eterna deve ser bem ruim, né? Eu pelo menos acho angustiante.
    Gostei tanto da resenha quanto da sinopse, já quero ler.
    Beijos

    19.03.2016 às 10:58
    • Responder Ana P.

      Então, não é que ela é ~eterna~. É que ela tem uma ótima regeneração haha. Mas ela envelhece como todo mundo (:
      Aproveita pra ler enquanto tá no WattPad!

      27.03.2016 às 21:11
  • Responder Cíntia

    eu li ” sendo caçada por monstros” e já pensei OLOCO que reviravolta hahahah
    gostei muito da ideia do livro, adoro histórias que puxam pra algo fora da realidade! Vou ve o que mais vejo sobre o livro, e ver se minha pilha de livros para ler aumenta
    beijos

    19.03.2016 às 12:41
    • Responder Ana P.

      Ai, é incrível mesmo! Eu geralmente não sou muito fã de literatura fantástica, mas é muito legal! (:

      27.03.2016 às 21:13
  • Responder Thay

    Poxa vida, nem conhecia essa autora, que absurdo! A história é bem interessante, me lembrou um pouco um personagem do seriado Heroes – se não me engano tinha uma menina que podia sofrer todo tipo de acidente que logo voltava à vida como se nada tivesse acontecido. Um beijo!

    19.03.2016 às 15:38
    • Responder Ana P.

      Ih, não assisti Heroes pra fazer a comparação, mas é um “poder” bem legal de se ter hahah

      27.03.2016 às 21:13
  • Responder Bela

    Acabei conhecendo o Wattpad aqui. Obrigada meninas :3
    E já marquei esse para ler por que me interessei MUITO na temática! \o

    25.03.2016 às 12:00
  • Deixe uma Resposta