Acompanhe:
Livros

Minha estante #6 – Tyler Knott

Esse post está perdido nos rascunhos do blog desde Fevereiro de 2015. Sabe aquela coisa que a gente tem medo de começar porque acha que nunca vai chegar à altura? É mais ou menos por isso que nunca escrevi uma palavra aqui. Deixei só o título e a imagem de rodapé ali, me chamando e esperando que eu começasse.

Ai credo, quanto drama, pra que tudo isso?

Tyler Knott

via Tyler Knott.com

Tyler é meu queridinho. Em 2009, quando entrei no Tumblr, seguia um blog fofinho que não lembro o nome, mas que sempre reblogava alguns haikus. Quando fui ver, meu próprio Tumblr e favoritos estavam tomados por estes Daily Haikus on Love. Decidi ir na fonte: Tyler Knott. Naquela época Tyler compartilhava diariamente um Haiku em sua página (hoje já são 7 anos, e ele ainda não perdeu um dia).

O amor bateu e ficou. Tão grande e tão forte que ele virou o tema do meu TCC.

De lá pra cá ele iniciou duas outras séries de poemas: Blackout Series e Typewriter Series. Essa última acabou por deixá-lo ainda mais conhecido e lhe rendeu, em 2013, um contrato de publicação.

Além de poeta, Tyler é fotógrafo e apaixonado pela vida. É possível perceber isso em cada palavra que ele escreve e em cada fotografia que ele tira. Ele é exatamente o tipo de pessoa que me inspira a viver e ser melhor a cada dia. Ele afirma que escrever sempre foi algo que ele precisava fazer. A escrita se coloca como uma válvula de escape, externalizando as coisas que o sobrecarregam e que precisam ser libertadas. Ele também diz que se sente constantemente inspirado e que as palavras surgem durante todo o dia, de modo que ele nem mesmo consegue escrever todas.

Ele também é conhecido como “The Typewriter Poet” (O poeta da máquina de escrever), ou até mesmo “Alquimista de palavras”. A página dedicada ao autor no Facebook possui mais de 85 mil seguidores (seu Instagram chega aos quase 300 mil).

No natal de 2012 ele decidiu começar a vender cópias impressas e autografadas de seus poemas datilografados a pedido do público. Imaginando que venderia poucas unidades, ele ficou surpreso em contabilizar envios para mais de 30 países.

Em 2013 Tyler anunciou que, pela primeira vez, teria seus poemas publicados em um livro. O livro “Chasers of the Light: Poems from the Typewriter Series” reúne alguns de seus poemas da série Typewriter em 144 páginas e foi lançado no dia 2 de Setembro de 2014 pela Perigee Trade. Atingindo a marca de livro mais vendido de poesia na Amazon antes mesmo de seu lançamento, seu contrato foi extendido para mais um livro, lançado em 2015: “All The Words are Yours”, que traz poemas da série “Daily Haiku on Love”. Ambos os livros estão à venda na Amazon americana, bem como a versão em audio do primeiro, narrada pelo próprio autor (♥).

Meus bebês <3

Meus bebês <3

Eu tive a sorte de poder acompanhar seu trabalho desde o começo, tendo a sorte inclusive de ter conseguido autorização direta dele para usar sua obra como tema de meu TCC, receber um “Happy Birthday!” todo ano no Facebook e ter tido a seguinte conversa por e-mail:

Chat - Tyler

Dá pra lidar com um ser humano desses? NÃO DÁ

Enfim, aos livros: É difícil falar sobre os livros porque, bem, não dá pra se resumir uma coleção de poesias. Então vou fazer melhor: Corre e vai seguir o Tyler no Instagram. Ele posta diariamente um poema da Typewriter Series e um Haiku (agora escrito à mão ♥). Eu garanto que não tem como não gostar porque esse cara é maravilhoso e ele faz mágica com palavras.

All the words are yours

Haikus de “All the words are yours”

estante

BEDA 2016 | Quase Mineira


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

11 Comentários

  • Responder Paula Reggiori

    Que legal! Eu não o conhecia, muito legal que você o acompanha desde o começo!

    Um beijo,
    Foca no Glitter

    02.08.2016 às 10:26
  • Responder VANESSA BRUNT

    Que lindeza! É tão delicioso saber que mergulha em poesias, linhas e entrelinhas com tanto fulgor e coração em mesclagem. Como poeta, é uma alegria imensa de observar e sentir! Adorei a indicação, não conhecia o Tyler e pelo que captei ele é bem entregue.

    http://www.semquases.com

    02.08.2016 às 10:29
  • Responder Carolina R

    Gente e eu que não conhecia. AMEI
    bjs

    02.08.2016 às 11:33
  • Responder Camila Faria

    Em que mundo eu vivia que não conhecia o Tyler ainda? Lindo o trabalho dele! <3

    02.08.2016 às 11:39
  • Responder Mariana Oliveira

    E o Tyler ganhou mais uma seguidora no instagram, que amor de pessoa. Não o conhecia e adorei conhecer *-*

    02.08.2016 às 13:29
  • Responder Janeise Santos

    Como eu não conhecia o Tyler? Mds, vou correndo seguir no instagram <3
    O trabalho dele é incrível!
    Boa sorte para nós <3

    02.08.2016 às 13:56
  • Responder Andréia Campos

    Obrigada por tirar o post do forno.
    Que maravilhoso conhecer o Tyler! Já o adicionei no insta…
    E as páginas são lindas. Adorei

    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    03.08.2016 às 04:03
  • Responder Clayci

    Eu realmente não o conhecia Ana, mas fiquei apaixonada pelo seu amor pelo trabalho dele que já estou seguindo o perfil no insta <3

    03.08.2016 às 10:28
  • Responder Dai Castro

    O trabalho dele parece incrível, muito bacana você tê-lo acompanhado desde o início! Não o conhecia! Beijos!

    03.08.2016 às 13:01
  • Responder milca abreu

    Ain eu sigo ele, adoro as poesias e ainda pretendo ter o livro.

    08.08.2016 às 21:28
  • Deixe uma Resposta