Acompanhe:
Livros

O Diário Roubado — Régine Deforges

O_DIARIO_ROUBADOTítulo: O Diário Roubado — Le Cahier Volé
Autor: Régine Deforges
Editora: BestBolso
Ano: 2007 / Primeira publicação: 1978
Páginas: 140
Classificação: 4/5

Skoob | Goodreads

Sinopse: Em O Diário Roubado, Regine Deforges narra, em uma linguagem delicada, o desabrochar dos sentimentos e da sexualidade entre adolescentes. O cenário é uma cidadezinha do interior da França. Léone ama Mélie, sua amiga do colégio; mas também gosta de Jean-Claude, mas a situação fica difícil quando alguém rouba seu diário.
A autora consegue transmitir nessa história os intensos conflitos vividos pelos personagens, suas famílias e a própria sociedade.

O Diário Roubado — Régine Deforges | Quase Mineira

Ainda não me recuperei da leitura deste livro…

Quando o diário de Léone é roubado por sua irmã, seu mundo vira de cabeça pra baixo. Imagina se hoje as pessoas sofrem represálias por amar pessoas do mesmo sexo, imagina em 1978 numa cidadezinha do interior?

Não é possível que um belo rosto, a paixão pelos livros, pela liberdade, a ausência de submissão às regras habituais, meu amor por Mélie me leve à prisão da cidadezinha. É absurdo demais. Tanta estupidez e tanta maldade me arrasam.

Léone é uma adolescente que só quer amar em paz e não consegue entender como é difícil para as pessoas entenderem isso. Amar Mélie não é errado, não faz mal a ninguém e mesmo assim todos a julgam!
É uma leitura bem rápida (o livro tem apenas 140 páginas), mas é bem tenso. A autora te coloca pra pensar em como o mundo é um lugar horrível.

O pai de Léone diz que “desde cedo havia identificado uma presença maligna e profundamente perversa” na própria filha!
Tenta entender a minha revolta com o mundo depois deste livro. A irmã de Léone rouba seu diário e ele vai parar nas mãos de Alain, um garoto mais velho da cidade que vai espalhando seus segredos para todo mundo e então isso desencadeia uma série de fatos:

  • O padre da cidade presta uma queixa na polícia por atentado ao pudor; a polícia não irá levar o processo pra frente se o diário for recuperado e destruído.
  • Alain, sua mãe e sua turma só irão devolver o diário se Léone prometer nunca mais ver Mélie e se “reformar”, isto é, passar a namorar Jean-Claude e usar roupas apropriadas para uma moça e não mais, shorts curtos mostrando as pernas.
  • O livro chega ao ponto de Léone ser espancada e apedrejada pelos moradores da cidade. É desnudada, agredida e humilhada, que ela descobre a força da hipocrisia e o preconceito da sociedade.

Jean-Claude se limitou a rir, afirmando que os amores entre garotas não são sérios, que eu podia amar Mélie o quanto quisesse, desde que ele pudesse continuar me namorando.

Tirando tudo isso, as cenas de amor são intensas, cheias de desejo deste amor proibido adolescente. Léone relata suas emoções e devaneios de modo cativante, tudo muito bem descrito. E o melhor que o final é algo que não eu não imagina.

Onde encontrar: Amazon | Submarino | Americanas | Saraiva | Livraria Cultura

O livro foi adaptado ao cinema francês em 1993 mas eu ainda não assisti. Alguém conhecia esta história? Deixa no comentários.
Beijo!

BEDA 2016 | Quase Mineira


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

8 Comentários

  • Responder Camila Faria

    Apesar de ser um livro curtinho parece ser SUPER forte, né Stephanie? Interessante demais a história!

    22 de agosto de 2016 às 11:26
  • Responder Clayci

    Eu sinto que ja assisti esse filme e preciso muito ver se é ele mesmo hahahaha

    Vc está me convencendo a conhecer a autora *_*

    22 de agosto de 2016 às 17:44
    • Responder Stephanie Ferreira

      Demoro pra tu conhecer a Régine! Vou te emprestar A Bicicleta Azul quando tu ver pra SP de novo pra tu ler ❤️

      26 de agosto de 2016 às 16:31
  • Responder Andréia Campos

    Eita!
    Qual o gênero? Será que foi inspirado em casos reais?
    Que tenso… vai entrar pra minha lista (eterna) de livros que tenho que ler! XD

    Beijo Step!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    23 de agosto de 2016 às 03:44
    • Responder Stephanie Ferreira

      É Romance Andy! Não sei se foi inspirado em casos reais, mas que isto acontece na vida real eu não tenho dúvidas e isto é bem triste 🙁
      Que é muito tenso! Mas recomendo a leitura, é tão curtinho que tu termina em um dia!
      Beijão

      26 de agosto de 2016 às 16:28
  • Responder Emerson

    Me interessei pela história. Deve ser bem realística e dramática.
    Beijos e boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    28 de agosto de 2016 às 12:52
  • Deixe uma Resposta