Acompanhe:
Dicas Gerais

Organização digital — Mantendo os arquivos em ordem

Photo via Visual Hunt

Depois de muito trauma ao perder incontáveis GB de arquivos em formatações e backups mal feitos, eu meio que acabei desenvolvendo um sistema razoavelmente eficiente de organização dos meus arquivos, que torna bem fácil qualquer backup emergencial apenas das coisas mais essenciais. Essa organização é só o primeiro passo pra salvar minha vida digital. A real salvação dela é minha rotina de limpeza e backup anual, que eu vou explicar num próximo post (logo, eu juro).

Mas antes de sequer pensar em fazer um backup, você precisa organizar essa montanha de arquivos que ficaram jogados pelo computador em sei lá quantos anos, né? Afinal, não adianta nada salvar todos os arquivos pra posteridade num HD externo numa bagunça tão caótica que você nunca vai encontrar o que precisa.

Antes de tudo: se livre do que é inútil

Aqueles arquivos de filme que você dificilmente vai ver de novo, e que se quiser vai encontrar no Netflix? Fora. O mesmo vale pra tonelada de prints que você salvou pra mandar pra alguém, 547 versões do trabalho da faculdade (nesse caso, deixa a última, ein!). Dê uma geral em todas as pastas que você tem e avalie os arquivos pensando “eu vou sentir falta disso se meu pc morrer?” e elimine tudo que não for fazer falta.

Essa é a hora também de se apoiar em ferramentas online. Eu costumava ter um monte de documentos do bloco de notas com receitas, anotações aleatórias de palestras, ou mesmo anotações gerais da vida: tudo que tinha de anotação foi pro Evernote (mas não esquece de organizar as anotações lá dentro também, viu? senão não adianta).

Categorize

As próprias bibliotecas-padrão do Windows te ajudam nessa parte. Divida seus arquivos em 4 grandes categorias: Imagens, Vídeos, Música e Documentos (que no caso é todo o resto que não se encaixa nas primeiras). Aí abra cada uma dessas categorias e avalie o que tem dentro e como isso precisa ser dividido. Eu, por exemplo, divido minhas imagens em: pictures images, na primeira estão as minhas fotos pessoais, separadas depois por ano e, ainda, por evento; na segunda categoria ficam imagens aleatórias: wallpapers, gifs que eu uso muito, referências, etc. Meus vídeos são divididos entre séries e filmes, e então as séries têm cada uma sua pasta (e dentro delas só os episódios que ainda não assisti).

A parte mais complicada (e geralmente com maior número de arquivos), é a de documentos. Ali dentro eu tenho uma pasta de documentos pessoais, com digitalizações de documentos importantes, certificados e notas fiscais; uma pasta para cada cliente ou projeto pessoal e uma pasta de estudos. Aqui entra também a pasta da faculdade, escola ou curso, separada por semestre ou ano e por matérias.

Escolha seu método

Eu prefiro manter todos os meus arquivos salvos no HD externo e deixar no computador só o estritamente necessário. Acabou o projeto? Backup pro HD no mesmo dia. Assistindo uma série? Deixo todas as outras no HD e vou transferindo conforme for acabando e indo pra próxima (e nesse caso, apagando do HD também). Mas, dos arquivos que ficam no meu computador, a maioria (e os mais pessoais), ficam todos sincronizados com o Google Drive, assim eu tenho acesso pelo celular sempre que quiser, e isso já salvou a minha vida (e a de vários amigos) muitas vezes. Para isso eu precisei comprar mais 100GB de armazenamento (R$ 6,99/mês). Eu pessoalmente acho que vale muito a pena, então fica a dica (:

Mantenha a organização

Essa é potencialmente a parte mais díficil. Nem sempre a gente tem tempo pra ficar colocando os arquivos nas pastas certas e excluindo o que é inútil. É pra isso que eu uso a área de trabalho e a pasta de downloads. Basicamente elas são meu lixão. Tudo que eu precisei salvar na pressa fica em uma dessas pastas e, assim que eu conseguir um tempo eu passo por elas pra excluir o que não preciso mais e organizar o que fica nas pastas certas.


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

22 Comentários

  • Responder Thaís

    Ana, eu também estou muito mais organizada virtualmente do que alguns anos atrás. É muito importante isso de ter em mente o que não é útil guardar. Minha área de trabalho também é o meu ”lixão” hahahaha, mas sempre que rola um tempinho eu vou lá e ajeito guardando o que precisarei e excluindo o que salvei de momento.

    Escreva mais posts sobre isso. 🙂
    Um beijo!

    8 de julho de 2017 às 12:46
    • Responder Ana P.

      Oi Thais!
      Pela facilidade que é guardar os arquivos às vezes é difícil de desapegar né? haha foi um sofrimento pra mim conseguir botar isso na cabeça.

      Vou procurar fazer mais posts sobre o assunto sim <3

      27 de julho de 2017 às 07:42
  • Responder Lívia Madeira

    AMEI as dicas, eu tento manter meus documentos, fotos importantes num hd externo, mas com certeza preciso organizar td melhor

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    8 de julho de 2017 às 14:14
    • Responder Ana P.

      Oi Lívia!
      Ai depois que eu vi amigos com HD externo queimado eu fico um tanto quanto EM PANICO, então mantenho muita coisa no Drive também :~

      27 de julho de 2017 às 07:43
  • Responder Thami Sgalbiero

    A melhor compra que fiz até hoje foi do meu HD externo de 1T. Porque ali eu coloco todos os arquivos que quero guardar e não uso mais, pra poder liberar mais espaço no computador e ele ficar mais rápido. Muito bom! Porque antes eu deixava tudo no computador, com medo de apagar e perder lembranças, hahaha! Enfim, adorei o post!

    9 de julho de 2017 às 15:57
    • Responder Ana P.

      Oi Thami!
      Recomendo que as coisas mais importantes você tenha também em outro backup (seja no próprio computador, num pendrive ou na nuvem), porque assim como nosso HD (até mais) o HD externo é muito frágil. Já tive váários amigos que perderam backups por conta disso :~

      27 de julho de 2017 às 07:44
  • Responder Sté Maciel

    Confesso que não sou muito organizada e esse post veio em uma boa hora!

    mariasabetudo

    9 de julho de 2017 às 20:47
  • Responder Natalia

    Eu não consigo confiar apenas no HD, então acabo deixando no computador também…neurótica hahaha Só quando vai chegando no limite que faço aquela faxina e apago. Uso muito o dropbox também! 🙂

    9 de julho de 2017 às 21:13
    • Responder Ana P.

      Ai nem me fala! Eu não confio no HD externo, então as coisas MAIS importantes ficam também no Drive. Mas como trabalho com design e tenho muito arquivo pesado, muita coisa acaba ficando só no HD externo e eu tenho UM MEDO. ahhahaha já tô me programando pra comprar um segundo HD pra ter o backup do backup ):

      27 de julho de 2017 às 07:46
  • Responder Carol Justo

    Amei as dicas, preciso urgentemente arrumar o meu computador e estou pensando em comprar um HD externo pra mim. Meu computador é desses bem simplesinho, não é tão velho mas é caduco, espero fazer isso antes que ele morra de vez e eu perca tudo. Sem contar que eu estou doida pra comprar um notebook e se eu ficar com dois computadores o HD externo vai ser uma benção.

    Beijos da Carol 🖤 Pink is not Rose

    10 de julho de 2017 às 12:27
    • Responder Ana P.

      Oi Carol!
      Se você não tiver como comprar um HD externo tão cedo (black friday é uma ótima época pra comprar, fica a dica!), faz o backup de coisas mais importantes (fotos, documentos, por exemplo) em serviços como o Dropbox, Drive, One Drive!
      Aí pelo menos já tens alguma segurança caso seu pc morra.

      27 de julho de 2017 às 07:55
  • Responder Bárbara

    Que coisa Ana, estou tirando esses dias para organizar meu computador e joguei no lixo milhaaaares de arquivos, foi libertador! Meu pc estava um caos, agora finalmente consigo me achar.

    Abraços e uma ótima semana!
    http://www.barbaradoblog.com

    12 de julho de 2017 às 00:00
  • Responder Ariadne Rodrigues Machado

    Olá, gostei muito das suas dicas. Eu sou bem metódica com meus arquivos, principalmente porque trabalho atendendo muitas empresas. A maioria das minhas pastas tem sub pastas e sub sub pastas, fica bem mais fácil de encontrar qualquer coisa. É sempre bom também fazer aquela limpa para não pesar tanto o computador.

    bjus

    Ari ♥
    http://www.devoltaaoretro.com.br

    12 de julho de 2017 às 18:32
    • Responder Ana P.

      Oi Ariadne!
      Ai eu também sou a louca das pastas e sub-pastas haha quanto MAIS eu puder dividir o conteúdo, mas eu vou haha

      Beijos!

      27 de julho de 2017 às 07:58
  • Responder Heloisa Godioso

    ótimas dicas! Preciso MUITO fazer isso. Normalmente sou muito organizada com minhas coisas tipo objetos, roupas, etc… mas realmente o computador fica de fora, hahahahaha

    13 de julho de 2017 às 13:03
    • Responder Ana P.

      Eu sou o completo oposto! haha tenho uma pilha de roupas ali no canto pra dobrar e guardar há três dias, mas os arquivos….. HAUAHUA

      27 de julho de 2017 às 07:58
  • Responder Dai Castro

    Acho muito legal ler dicas de organização digital, eu já fui mais desorganizada, agora consigo separar os arquivos em algumas categorias como blog, estudos, design, fotografia e assim vai…
    Mas a área de trabalho sempre está uma zona, tô precisando fazer uma boa limpa, viu? hahaha
    Beijos! <3
    Colorindo Nuvens

    13 de julho de 2017 às 18:10
    • Responder Ana P.

      Oi Dai!
      Eu acho que a área de trabalho é o melhor lugar pra bagunça porque aí você não tem como esquecer dela né?
      Toda vez que ligar o computador vai dar de cara com ela e pensar ‘tenho que arrumar isso aqui’. Agora, se esconder a bagunça em outra pasta… aí já viu

      27 de julho de 2017 às 08:00
  • Responder Yuri S

    Dicas bem úteis, eu já fazia desse jeitinho. Fico louco com bagunça no computador!

    http://www.sextadimensao.com/

    16 de julho de 2017 às 20:30
  • Deixe uma Resposta