Acompanhe:
Mascotes

Quanto Gato #1 – Personalidades

Criei esta categoria chamada “Quanto Gato” para compartilhar histórias do meu dia a dia com os cinco gatos que tenho: Pandora, Felícia, Panqueca, Pipoca e Torradinha.

Leia Também: A LOUCA DOS GATOS

Apesar dos 4 últimos terem pouca diferença de idade e forem criados tudo junto, tudo igual… É tão nítida a diferença de personalidades dentre eles que é até engraçado.

A Pandora. Primeira de seu Nome. A mais velha. Invocada do mal. É a mais arisca. Nunca foi de colo, não gosta de carinho e te olha como se fosse a dona da casa inteira e os humanos fossem meros seres mortais à seu serviço.

Estes dias ela passou a tarde inteira deitada aos pés da cama da minha irmã, foi até estranho hahahahah mas entendemos que às vezes… bem às vezes, ela pensa: “vou ser carinhosa hoje pra esses humanos continuar trazendo comida“.

Felícia é uma adolescente bobinha. Tão miudinha, tão carinhosa. Ela mia quando a gente passa pedindo carinho. Quando meu irmão chega da escola, o humano favorito dela, se ele não pega ela no colo pra dar um aconchego, ela passa o dia inteiro miando na porta do quarto.

Felícia é mãe do Pipoca e da Torradinha, que puxaram bastante da personalidade da mãe. Ambos são bem carinhosos. O Pipoca é o gigante, enorme que nem parece ter só um ano. Ele tem um miado desesperado e quando chega a hora de comer, é o primeiro a aparecer.

Já a Torradinha apesar de ser carinhosa, é uma malandra. Adora dormir dentro do cercado dos meus porquinhos-da-índia, assustando os coitados. Ou ficar dentro do galinheiro observando os pintinhos, prontinha pra dar o bote. Já levou até uma surra do galo por isso heheheh 😆 

Agora a Panqueca é um caso a ser estudado. Sabe quando o animal é a cara do dono? Pois a Panqueca é bem parecida comigo. Seca. Magrela. Saco sem fundo. A gata é caçadora, come o que se mexer e o que não dá pronto.
Carne congelada em cima da pia? Ela come. Até passarinhos do vizinho ela já foi atrás, deixando o homem tão nervoso que jurou a coitada de morte heheheh xD (na brincadeira viu gente, ele não é nem doido)…

A gata parece não ter medo de nada, ela é a única que enfrenta o cão mais bravo da chácara pra dar voltas pelo quintal. Tanto que o Xerife nem corre mais atrás dela. Já acostumou com a safada.

Ela anda a vizinhança inteira, inclusive passa suas tardes dormindo no sofá da minha vó, dormia até no colo do meu falecido avô, que vivia na cama!

Como citei lá em cima… Apesar de todos viverem juntos desde pequenos, suas diferenças de personalidades são tão grandes que é engraçado ❤️ Todos meus gatos juntos se completam e enchem a casa de pelo amor.

Beijão


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

7 Comentários

  • Responder Pathy Guarnieri

    Owwwnnn que coisinhas mais liiindas! Também sou gateira e amo esses bichanos!
    Os seus (uas) são lindos (as)!

    Beijo!
    Cores do Vício

    06.09.2017 às 09:23
  • Responder Luciana Midory

    Não tenho gatos, por vários motivos (o maior deles é um cachorro ciumento), mas sou doida por eles! Até já ajudei a resgatar dois, sem a menor noção do que faria… ainda bem que deu tudo certo no final, ahahaha! Os seus são tão lindos… me apaixonei pela Felícia (tenho uma queda por frajolas <3).

    06.09.2017 às 10:34
  • Responder Vanessa

    Ai que bonitinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa dá vontade de apertar!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com

    06.09.2017 às 18:47
  • Responder KARINE

    a pandora é muito a summer! a única diferença é que a summer sempre aceita carinho da minha mãe, já meu, só quando ela quer. eu amo comparar a personalidade de gatos… e ainda tem gente que fala que ‘gato é tudo igual’, né?

    07.09.2017 às 15:57
    • Responder Stephanie Ferreira

      To doida pra conhecer seus gatos e sobreviver pra contar a história miga kkk quem dera os gatos serem todos igual :’)

      02.10.2017 às 19:22
  • Responder Marcela

    Aposto que eu consigo pegar a Pandora no colo e sobreviver pra contar a história.

    08.09.2017 às 19:53
  • Deixe uma Resposta