Acompanhe:
Livros

Redoma — Meg Wolitzer

redoma Título: Redoma
Autora: Meg Wolitzer
Primeira publicação: 2014
Editora: Globo Alt
Ano: 2015
Páginas: 234
Classificação: 4/5
Skoob | Goodreads

Sinopse: Se a vida fosse justa, Jam Gallahue estaria vivendo sua vida tranquila em Nova Jersey, assistindo a séries de comédia e abraçando seu namorado, Reeve Maxfield. Ela não estaria infeliz e sem vontade de se levantar da cama, nem estaria em um internato para adolescentes “emocionalmente frágeis”, com uma colega de quarto esquisita. Mas a vida não é justa, Jam perdeu seu primeiro amor e está completamente perdida. A mudança de escola parece a única possibilidade de recuperação para a garota, que passou quase um ano mergulhada em tristeza. No entanto, ela odeia a nova rotina e decide levar tudo com o menor esforço possível. Por isso, Jam fica bastante surpresa quando descobre que foi selecionada para a exclusiva e lendária aula de “Tópicos Especiais em Inglês”, da misteriosa Sra. Quenell.

~

Redoma é um daqueles livros que você (ou pelo menos eu) começa e tem certeza que escolheu certo. Porque afinal eu adoro um drama psicológico adolescente.

Jam está iniciando um ano letivo em uma nova escola, um internato para adolescentes emocionalmente frágeis. A ideia, obviamente, não partiu da garota, mas de seus pais que não sabem mais o que fazer para que ela supere a perda de Reeve.

Sua primeira matéria é Tópicos Especiais em Inglês, ensinada pela peculiar professora Quenell. A classe é composta por apenas cinco alunos, cada qual com sua cota de fardo emocional para carregar. E é fazendo uma das tarefas da matéria que Jam passa por uma experiência inacreditável: Ao escrever no diário entregue pela professora para que preencham até o final do semestre, Jam se vê de volta nos braços de Reeve, e a situação – apesar de impossível – é mais do que um sonho.

Isso não acontece só com ela. Todos os alunos da matéria, ao escrever no diário, são transportados para um mundo em que seu trauma não ocorreu e, juntos, o grupo busca uma forma de prolongar a vida do diário para poder reviver este cenário mais vezes.

 

A história de Redoma me intrigou muito. A utilização de um pouco de fantasia em meio ao drama faz com que a história não perca completamente o grau de “credibilidade” e ao mesmo tempo fornece uma ferramenta interessante para entendermos o trauma e o processo de cura de cada um dos cinco personagens.

Entretanto foi a construção da personagem principal, Jam, que mais me decepcionou, mas detalhar e explicar os motivos me obrigaria a revelar um ponto chave da história e, com ele revelado, a história toda se desmoronaria. Esse “problema” não faz com que a leitura deixe de valer a pena, afinal os outros personagens e suas histórias acabam compensando e equilibrando o livro.

Redoma é mais um drama YA de leitura leve e rápida, mesmo tratando de traumas emocionais profundos.

Onde encontrar: Amazon | Submarino | Americanas | Saraiva | Livraria Cultura

52 Livros em 52 Semanas


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

3 Comentários

  • Responder Marília Pessoa

    Gostei muito da resenha. Também curto um livrinho meio adolescente às vezes.
    bjs
    blogtrashrock.com

    20.11.2016 às 18:57
    • Responder Ana P.

      Aaaaamo ler um livro meio adolescente pra curar aquela ressaca literária que fica depois de alguns livros hahaha

      12.12.2016 às 19:08
  • Responder michelle

    Parece um ótimo livro..pena que não tenho tido muito tempo para ler!
    Beijoos

    21.11.2016 às 01:12
  • Deixe uma Resposta