Acompanhe:
Browsing Tag:

Intrínseca

    Livros

    Objetos Cortantes — Gillian Flynn

    Título: Objetos Cortantes
    Autora: Gillian Flynn
    Editora: Intrínseca
    Ano: 2015
    Páginas: 254
    Classificação: 5/5
    Skoob | Goodreads

    Sinopse: Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
    Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.

    Camille Preaker é uma repórter policial no Chicago Daily Post e é convocada pelo seu chefe a cobrir o que parecem ser assassinatos em série acontecendo em sua cidade natal: Wind Gap. Uma menina foi assassinada há alguns meses e agora outra está desaparecida. E, poucos dias após chegar na cidade, Camille é uma das primeiras pessoas a encontrar o corpo da segunda menina.

    Inicia-se aí o envolvimento de Camille na investigação do caso. Richard Willis, um detetive de Kansas City é emprestado para a cidade, já que o corpo policial de Wind Gap não tem experiência com crimes mais graves.
    Richard conta com a ajuda de Camille para conhecer melhor os habitante da cidade e seu histórico, mas a investigação anda a passos lentos, sem ter muitas pistas nas quais se apoiar.

    Enquanto isso, acompanhamos o conflito de Camille: ela tem problemas com sua mãe e seu padrasto, e sua meia-irmã mais nova é a típica duas caras: a menina exemplar da mamãe enquanto está em casa e a personificação da menina popular e malvada quando está andando pela cidade com suas amigas.
    Além dos problemas familiares, Camille também trava uma batalha consigo mesma. Seu corpo é coberto de cicatrizes que formam palavras diversas, compulsão que começou mais de uma década antes e motivo de sua internação em uma clínica psiquátrica.

    “Eu me corto, sabe? E pico, e fatio, e gravo e furo. Sou um caso muito especial. Eu tenho determinação. Minha pele grita, vê? Está coberta de palavras — cozinha, cupcake, gato, cachos —, como se um garotinho com uma faca tivesse aprendido a escrever em minha pele.”

    Assim como em “Garota Exemplar“, a autora apresenta a história aos poucos, o que faz com que você, a cada capítulo, se convença que uma nova teoria é a correta para solucionar o mistério para, ao final, surpreender completamente o leitor com uma hipótese há muito abandonada.

    Gillian Flynn escreve de forma visceral, descreve detalhes sangrentos, cria personagens fortes e complexos e trabalha muito bem as relações entre eles. Alguns podem ficar agoniados com detalhes tão explícitos, mas eu gosto bastante desse estilo de escrita que não tem medo de desconcertar o leitor quando lhe convém.

    Onde encontrar: Amazon | Submarino | Americanas | Saraiva | Livraria Cultura


    Compartilhe:
    Comente:
  • Livros

    Pax — Sara Pennypacker

    Título: Pax Autora: Sara Pennypacker Primeira publicação: 2016 Editora: Intrínseca Ano: 2016 Páginas: 288 Classificação: 4/5 Skoob |…