Acompanhe:
Livros

Um Toque de Morte — Luiza Salazar

UM_TOQUE_DE_MORTETítulo: Um Toque de Morte
Autor: Luiza Salazar
Editora: Draco
Ano: 2013 / Páginas: 224
Classificação: 5/5

Skoob | Goodreads

Sinopse: Pode me chamar de Kat. Eu daria tudo para ser apenas uma jovem universitária, preocupar-me com os assuntos discutidos nos trens, nos corredores das escolas, nas ruas: qual roupa vestir na festa, qual o futuro da política do país, quem vai ganhar o jogo esta noite. É, você entendeu.
Mas na minha cabeça só há espaço para uma preocupação: quem será a minha próxima vítima.
Eu sou uma Ceifadora. Isso significa que posso matar com um simples toque das mãos, um dom que desejava todos os dias não possuir. Mas quando aqueles dois estranhos apareceram na minha vida e fizeram tudo virar de pernas pro ar, comecei a entender que existem pessoas que fariam de tudo para controlar esse meu poder indesejável. Até mesmo me matar. É até irônico, né?
Um Toque de Morte é um romance fantástico de Luiza Salazar, uma aventura pelas sombras que se escondem nos becos da cidade.
Não se deixar envolver, não se aproximar demais. Essa é a maldição dos Ceifadores, não poder sentir o mundo com a própria pele.

~

O ebook enviado pela editora Draco, começou sem prender a minha atenção. Parecia só mais uma história de adolescente diferente tentando sobreviver mesmo de modo macabro.
Mas eu adoro livros de vampiros, lobisomens e assuntos sobrenaturais.

Ao avançar a leitura, eu descobri um novo universo onde a Ordem e a Legião, são organizações sobrenaturais que protegerem pessoas com algum tipo de poder, como a Kat que é uma Ceifadora.

Um-toque-de-morte

Eu não gostei do excesso de detalhes desnecessários do livro, como dizer várias vezes que o cabelo da Kat é “loiro, quase branco” e que ela usa “shampoo infantil com cheiro de frutas”, com a pegada de terror/suspense que tem a leitura, estes detalhes ficam sem nexo. Mas apesar do começo monótono, o livro tem ação e mistério o suficiente pra prender o leitor.

“Eu não tinha nenhuma intensão de me envolver em nada dessa confusão megalomaníaca de Ordem e Legião, mas agora que eu tinha sido arrastada para isso contra minha vontade, eu tinha que arrumar uma forma de zerar o placar novamente.”

A historia gira em torno de dois alunos novos que chegam na escola de Kat e deste mundo paralelo onde nem tudo é o que parece. O final deixa um gatilho para uma continuação que sem dúvidas, vou querer ler.

Onde comprar: Amazon | Americanas | Submarino

Alguém já leu Um Toque de Morte? Me conta nos comentários

Um beijo


Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

12 Comentários

  • Responder cíntia de melo

    Você não é a primeira que faz reseha desse livro,Mas tbm não sou fã de livros muito detalhistas, quer dizer eu não sou uma pessoa detalhista haahah quando alguém começa me contar um caso dando os mínimos detalhes, eu quero “morrer” hahahahaah
    beijos ste

    14 de fevereiro de 2016 às 11:50
  • Responder Livia

    esse monte de detalhes tbm me irrita um pouco, mas no final das contas fiquei curiosa com sua resenha e com vontade de ler

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    14 de fevereiro de 2016 às 12:48
  • Responder Andréia Campos

    Menina, que nervoso!
    kkkk, odeio terror, então já fiquei com medo da capa, kkkk!
    Mas a resenha ficou tão legal que até dá vontade de ler!
    obs: Amei a pintura nas mãos! Ficou Show!!

    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    14 de fevereiro de 2016 às 16:43
    • Responder Stephanie Ferreira

      @Andréia Campos, aeae feliz que gostou da pintura, minhas mãos tão pretas até hoje HAUSHAUSHUAS
      Leia sim porque é terror bem leve, sem sustos 😉
      Beijos

      19 de fevereiro de 2016 às 14:57
  • Responder Bárbara Almeida

    Os detalhes também iriam me irritar, mas eu AMO AMO AMO terror/suspense, e ver um livro do gênero com tantos elogios só me deixa com vontade de ler. Adorei a resenha, primeira vez que leio ago sobre ele.

    Beijos, Love is Colorful

    14 de fevereiro de 2016 às 18:32
  • Responder Clay

    E essas fotos? *_*

    Fiquei com vontade de ler

    14 de fevereiro de 2016 às 18:52
  • Responder Dani Santos

    Acho que “shampoo infantil com cheiro de frutas” ficaria estranho em qualquer tipo de livro, hahahahaha. Ainda sim, esse parece ser um livro bem interessante. A ideia pelo menos é legal, hahaha. É bom saber que tem um livro nesse estilo que não é tão clichê e cheio de fru-fru, HAHAHA.
    Adorei a resenha!
    Beijoos 😀

    16 de fevereiro de 2016 às 14:45
    • Responder Stephanie Ferreira

      @Dani Santos, eu até entendi porque a autora colocou que o shampoo tem cheiro de frutas mas fiquei com vontade de dizer: OK QUIRINHA MAS NÃO PRECISAVA HAUSHAUSHAUS
      Feliz que gostou da Resenha Dani,
      Beijão

      19 de fevereiro de 2016 às 15:01

    Deixe uma Resposta